Entretenimento

Colecionador perde valiosas peças chinesas do século XIII em um trem

29/11/2014 20h21

LYON, 29 Nov 2014 (AFP) - Um colecionador franco-italiano perdeu obras de arte chinesa do século XIII avaliadas em um milhão de euro em um trem Paris-Genebra.

Em 14 de novembro, Francesco Plateroti deixou um trem de alta-velocidade Paris-Genebra na estação de Bellegarde-sur-Valserine (França), e esqueceu sua pasta preta com reproduções e fotos, explicou o colecionador.

Só no dia seguinte se deu conta que a pasta também continha um rolo envolto em papel de arroz com 12 obras imortais de Wang Zhenpeng.

Plateroti está oferecendo uma recompensa a quem encontrar o tesouro, que, segundo ele, infelizmente, não tinha seguro.

Plateroti explicou que, sem o certificado que está em seu poder, as obras de oito séculos não podem ser vendidas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo