Entretenimento

Leilão de Man Ray na França alcança EUR 2,7 milhões na Sotheby's

15/11/2014 21h10

PARIS, 15 Nov 2014 (AFP) - Um leilão de obras de Man Ray, apresentado como o mais importante deste artista em 20 anos, arrecadou mais de 2,7 milhões de euros, e a peça mais cara, um óleo, foi arrematada cerca de três vezes acima do valor estimado, anunciou a casa Sotherby's neste sábado.

Foram vendidas quatrocentas obras, entre fotos, quadros, objetos, joias e filmes desta figura do dadaísmo e do surrealismo.

A venda alcançou 2 milhões e 716 mil euros com 81,8% das peças vendidas, informou a Sotheby's em um comunicado, que qualificou a operação como um sucesso.

O maior valor alcançado por uma peça foi de 187.500 euros (com comissão) por um quatro pintado por Man Ray em 1949, que faz parte da série de "Equações shakesperianas".

A tela, com valor estimado entre 60.000 e 80.000 euros, foi adquirido por um colecionador particular europeu.

Uma peça surrealista, "O que nos falta a todos" - um cachimbo em argila com uma bola de vidro, obteve 133.500 euros.

Também foram vendidas fotos a preços que superaram amplamente os valores estimados.

Nascido Emmanuel Rudzitsky em 1980, na Filadélfia (EUA), Man Ray morreu em 1976, em Paris.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo