PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Morre o diretor de teatro russo Yuri Liubimov

O diretor de teatro russo Yuri Liubimov - AFP
O diretor de teatro russo Yuri Liubimov Imagem: AFP

05/10/2014 09h54

O diretor de teatro russo Yuri Liubimov, que dominou a cena de seu país durante meio século e cujo estilo inovador marcou toda uma geração, morreu neste domingo aos 97 anos, anunciou a agência Tass.

Conhecido por suas obras de grande originalidade visual, que garantiram fama mundial, Liubimov foi o fundador do Teatro Taganka, em Moscou, que se transformou num símbolo de resistência à censura e ditadura soviéticas.

"Poderíamos dificilmente subestimar o papel de Yuri Liubimov no desenvolvimento do teatro contemporâneo russo", declarou o presidente Vladimir Putin, através de seu porta-voz.

Nascido em 1917, começou carreira como ator durante a Segunda Guerra Mundial.

Atuou em filmes de propaganda soviética, mas em 1984, numa viagem a Londres, deu uma entrevista que contrariou o Kremlin. Perdeu então sua nacionalidade e teve trabalhar na Europa, Estados Unidos e Japão.

Voltou a Moscou seis anos depois, em plena perestroika de Mikhail Gorbachov, e continuou realizando obras que defendiam a resistência do indivíduo frente ao sistema.

Entretenimento