Entretenimento

AFP expõe no Festival Internacional de Fotojornalismo de Perpignan

01/09/2014 13h05

PERPINH¥, França, 01 Set 2014 (AFP) - O Festival internacional de fotojornalismo Visa para a Imagem de Perpignan (sul da França) apresenta duas exposições da AFP, uma dedicada à cobertura do tufão Haiyan em 2013 nas Filipinas, e outra a um projeto fotográfico com adolescentes em uma favela no Rio de Janeiro.

Até 14 de setembro, os visitantes desta 26ª edição vão encontrar fotos tiradas por jovens moradores da Cidade de Deus, que Christophe Simon, responsável pelo serviço fotográfico da AFP Brasil, teve a ideia de confiar suas câmeras.

Em parceria com a Escola de Fotografia Lente dos Sonhos do Rio, o projeto reúne fotos de 18 voluntários aprendizes, com idades entre 10 a 15 anos.

Com as vendas dessas fotos, a AFP oferecerá outra oficina para jovens das favelas para os Jogos Olímpicos em 2016, também no Brasil.

A segunda exposição da agência reúne o trabalho de cinco fotojornalistas sobre o tufão Haiyan que atingiu o arquipélago das Filipinas em novembro de 2013 (8.000 mortos e desaparecidos).

Foi durante essa cobertura que o fotógrafo Philippe Lopez se viu em uma paisagem desolada, com uma pequena procissão religiosa em que uma dúzia de pessoas recitava orações. Uma dessas fotos foi premiada com o primeiro prêmio no World Press Photo 2014.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo