Entretenimento

Quatro valas comuns com vítimas do franquismo são exumadas

24/07/2014 12h47

MADRI, 24 Jul 2014 (AFP) - Um grupo de arqueólogos exumou quatro valas comuns com quase cem pessoas assassinadas pelos franquistas no início da Guerra Civil espanhola (1936-1939).

As valas se situam no monte de Estepar, perto de Burgos (Castella e León).

"No total, achamos que pode haver em torno de 90 corpos, e já exumamos 40", afirmou o arqueólogo Juan Montero, da Coordenação para a Recuperação da Memória Histórica.

Além desses corpos, Montero acredita que na zona devam existir entre 300 e 400 pessoas enterradas em valas comuns.

Segundo o arqueólogo, na província de Burgos foram abertas cerca de 60 valas e resgatados mais de mil corpos desde 2000.

A maioria dessas vítimas procede da prisão de Burgos, de onde foram tiradas entre agosto e outubro de 1936, no início da Guerra Civil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo