Entretenimento

Suprema Corte da Turquia diz que proibir Twitter viola direitos

02/04/2014 12h34

ANCARA, 02 Abr 2014 (AFP) - A Suprema Corte da Turquia afirmou nesta quarta-feira que o bloqueio da rede social Twitter, imposto pelo governo islamita conservador, viola o direito, anunciou a tv local.

O governo turco também ordenou no dia 27 de março bloqueio do site YouTube, uma semana depois de ter feito a mesma coisa com o Twitter, após a difusão de nova gravações piratas que questionavam o regime.

A justiça turca, no entanto, ordenou ao governo o fim do bloqueio ao Twitter, motivo de uma enorme polêmica a poucos dias das eleições municipais de domingo passado, em que os candidatos do primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan receberam 45,5% dos votos, muito à frente do principal grupo de oposição, o Partido Republicano do Povo (CHP).

Erdogan tentou justificar as medidas de censura denunciando "mentiras" e "ataques contra a segurança" do país.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo