Entretenimento

Fundador do 'Facebook russo' renuncia ao cargo de CEO

01/04/2014 12h11

MOSCOU, 01 Abr 2014 (AFP) - Uma página foi virada na história da internet russa: o jovem fundador da popular rede social VKontakte (VK), Pavel Durov, deixou a empresa nesta terça-feira após meses de conflito com um dos seus acionistas.

"Minha liberdade de ação como CEO para liderar a empresa foi reduzida significativamente. Tornou-se cada vez mais difícil defender os princípios em que se baseia a nossa rede social", escreveu Durov, de 29 anos, em sua página VK.

"Vou continuar a participar da VKontakte como fundador, mas os cargos administrativos nestas novas condições não me interessam", acrescentou.

O anúncio, neste 1º de abril , repercutiu rapidamente na internet. Para aumentar a confusão, o porta-voz da VK, Georgi Lobouchkine, recusou-se a confirmar a informação.

"A assessoria de imprensa não comenta declarações do diretor-geral", escreveu ele no Twitter.

Questionado pela AFP, o porta-voz da USM Advisors, a holding do bilionário Alisher Usmanov cujo portal Mail.ru detém 52% da VK, confirmou a renúncia de Durov, sem divulgar mais detalhes.

A saída poderia aliviar o clima de tensão, no momento em que a rede social russa, que supera na antiga URSS o Facebook americano com mais de 100 milhões de usuários, vive há meses um conflito entre Durov, apoiado pela Mail.ru, e o fundo de investimento United Capital Partners fundo (UCP) , que possui os 48% restantes da companhia.

O UCP acusa Durov de ter utilizado os recursos da VK para criar um aplicativo de mensagens instantâneas Telegram independente da rede social, que foi um sucesso retumbante.

No final de fevereiro, o fundo, que é dirigido por Ilia Cherbovitch, membro de vários conselhos de administração de fundos da indústria do petróleo, ameaçou ir aos tribunais para resolver o conflito

Muitas vezes comparado ao fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, Durov criou a rede quando saiu da Universidade de São Petersburgo em 2006.

Ele deixou em janeiro o capital da empresa, vendendo sua participação de 12% ao CEO da operadora de telefonia móvel MegaFon, mas permaneceu como diretor-geral da rede. Ele teria recebido mais de 400 milhões de dólares pela venda das ações, que foram posteriormente adquiridas em meados de março pela mail.ru.

A VK detém uma parte considerável do mercado na Rússia, estimada pelo banco Barclays em 40%, contra apenas 25% para o Facebook.

gmo-edy/lpt/ml/mr

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo