Entretenimento

"Se Londres fosse a Síria", o vídeo que causa furor na web

07/03/2014 20h03

LONDRES, 07 Mar 2014 (AFP) - Um vídeo feito pelo braço britânico da ONG Save The Children, que leva a guerra síria até Londres, acompanhando uma menina cuja vida muda por completo com o conflito, causou sensação na internet e já contabiliza mais de 12 milhões de visitas.

O objetivo do vídeo, que dura pouco mais de um minuto, é fazer com que as pessoas "entendam melhor a crise síria e imagine o que se passe quando uma guerra civil explode em sua cidade natal, destruindo sua vida, sua saúde e sua segurança", explicou um porta-voz da ONG.

O vídeo foi postado no YouTube na última quarta-feira e conta, através de imagens rápidas, a vida de uma menina britânica de nove anos, entre festas de aniversário, idas ao parque e momentos felizes em família.

Mas um dia, uma guerra civil assola a cidade onde ela mora. Começa então uma luta pela sobrevivência entre disparos e bombardeios, que mudarão para sempre a vida da criança.

"Não é porque não acontece aqui que não existe", conclui o vídeo destinado a arrecadar fundos para a Síria.

Até esta sexta-feira, o filme havia sido visto mais de 12 milhões de vezes, um recorde para um vídeo da ONG Save the Children - informou à AFP uma porta-voz da organização.

Desde o início da revolta contra o regime do presidente Bashar al-Assad, em março de 2011, a violência na Síria deixou ao menos 140.000 mortos e milhões de refugiados.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo