Entretenimento

Facebook-WhatsApp, uma das maiores compras do setor tecnológico

20/02/2014 16h25

SAN FRANCISCO, 20 Fev 2014 (AFP) - A compra, na quarta-feira, pelo Facebook do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp por 19 bilhões de dólares em ações e dinheiro é uma das aquisições mais caras do setor tecnológico.

Abaixo algumas das maiores compras nesta área, ordenadas por preço decrescente:



+ Hewlett-Packard - Compaq

O fabricante de computadores número um do mundo, Hewlett-Packard, comprou, em setembro de 2001, a Compaq Computer por 25 bilhões de dólares, com o objetivo de competir com a IBM.



+ Google - Motorola Mobility

Em agosto de 2011, o gigante da internet comprou a Motorola e suas patentes do setor móvel por 12,5 bilhões de dólares, com a esperança de poder competir com a Apple no setor móvel. Menos de três anos depois, o Google vendeu os telefones e a marca Motorola por 2,91 bilhões de dólares à companhia chinesa Lenovo.



+ Hewlett-Packard - Autonomy

Hewlett-Packard comprou, em agosto de 2011, o fabricante britânico de software Autonomy por 10,24 bilhões de dólares. Mais tarde, uma investigação foi aberta nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha porque a HP acusa a Autonomy de ter inflado suas contas antes da operação.



+ Microsoft - Skype

Em maio de 2011, a Microsoft comprou o Skype por 8,5 bilhões de dólares, a maior aquisição do fabricante de software em toda sua história.



+ Oracle - Sun

Oracle, uma das maiores companhias de software do mundo, adquiriu em abril de 2009 a Sun Microsystems e sua linguagem de programação Java por 7,4 bilhões de dólares.



+ Microsoft - Nokia

A Microsoft anunciou em setembro de 2013 a compra dos telefones celulares da Nokia, um dos antigos líderes do mercado, por 7,2 bilhões de dólares, em uma tentativa de melhorar sua posição no mercado frente à Apple e ao Google.



+ Microsoft- aQuantive

A Microsoft adquiriu por 6 bilhões de dólares a empresa de marketing digital em maio de 2007. Na ocasião, o preço foi considerado muito alto e cinco anos mais tarde o grupo responsabilizou a aQuantive por uma desvalorização de 6,2 bilhões de dólares em sua divisão de serviços online.



+ Google - Nest Labs

Em janeiro de 2014, o Google ofereceu 3,2 bilhões de dólares pelo especialista em termostatos inteligentes Nest Labs, expandindo-se desta forma para um novo sector tecnológico.



+ Google - DoubleClick

Por 3,1 bilhões de dólares, o Google comprou em março de 2008 a companhia de publicidade online DoubleClick, reforçando uma de suas atividades chaves.



+ Google - YouTube

O popular site de vídeos online Youtube foi adquirido em outubro de 2006 pelo Google por 1,65 bilhão de dólares.



+ eBay- PayPal

O site de compras pela internet eBay comprou por 1,5 bilhão de dólares a companhia especializada em pagamentos online PayPal, em junho de 2002.



+ Yahoo! - Tumblr

Marissa Mayer, chefe do Yahoo!, decidiu adquirir por 1,1 bilhão de dólares o site de blogs Tumbrl, em maio de 2013, a maior compra da empresa desde que assumiu seu cargo em outubro de 2012.



+ Facebook - Instragram

Em abril de 2012, o Facebook ofereceu 1 bilhão de dólares pelo site para compartilhar fotos Instagram, sua maior compra depois do WhatsApp. O preço da operação caiu a 715 milhões.



bur-cl-soe/sst/rap/sl/mdm/are/ep/mv

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo