Entretenimento

Diretor do jornal Liberation anuncia demissão em plena crise

13/02/2014 08h16

PARIS, 13 Fev 2014 (AFP) - Nicolas Demorand, diretor desde 2011 do jornal francês Liberation, anunciou nesta quinta-feira sua demissão em plena crise entre os acionistas e a redação da publicação, onde sua autoridade era muito questionada.

"Minha decisão está, antes de mais nada, ditada pela situação dos últimos dias. O Liberation vive atualmente uma crise aberta, eu cristalizo parte dos debates e considero que minha responsabilidade como chefe é dar margens de manobra e de negociação às distintas partes", afirmou Demorand ao jornal Le Monde.

O Liberation, com graves dificuldades financeiras e vendas em queda livre, enfrenta há vários dias uma crise interna.

A redação não aceita o projeto dos acionistas do jornal de esquerda, fundado em 1973 pelo filósofo Jean-Paul Sartre, de transformar o jornal em uma rede social em vários suportes de pagamento e de transformar a sede em Paris em um espaço cultural.

dab-tup/fp

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo