Entretenimento

Justin Bieber e o fenômeno da celebridade 'teen' problemática

31/01/2014 12h51

LOS ANGELES, 31 Jan 2014 (AFP) - Justin Bieber é o último numa longa lista de jovens estrelas que se envolveram em problemas. A pergunta que fica é: as pessoas ao redor desses astros podem salva-los de um desastre? E, se podem, como?

Uma passagem pela reabilitação? Um controle maior por parte de empresários e família? Ainda é preciso esperar para ver se os últimos problemas com a lei vão servir como um alerta para o ídolo canadense de 19 anos.

"São adolescentes com dinheiro ilimitado, fama ilimitada, e pouco controle por parte dos pais ou outros mentores", explica o ex-promotor Michael Grieco, que também trabalha na prefeitura de Miami, onde Bieber foi preso semana passada.

"Eu já representei muitas pessoas que vivem inconsequentemente, e é muito difícil fazer com que eles lidem com o mundo em que o resto de nós vive", afirmou ele à AFP.

Pra quem acompanha de perto a rotina de Bieber, sua prisão, em Miami, e acusações de agressão, em Toronto - em menos de uma semana - são dificilmente surpreendentes.

Os tablóides tem, há meses, contado seus repetidos problemas com a polícia e vizinhos, na mansão onde vive em Calabasas, em Los Angeles.

O cantor também enfrentou problemas com as autoridades na Austrália e no Brasil, por grafitar muros. No Rio de Janeiro, Bieber foi fotografado saindo, coberto por um lençol, de uma famosa casa de prostituição.

Mas, ao contrário de outros artistas problemáticos, o canadense pode ser deportado dos Estados Unidos, país onde fez sua carreira.

Na quinta, uma petição pública com este propósito no site da Casa Branca passou de 200.000 assinaturas, o dobro do necessário para receber uma resposta oficial.

"Nós gostaríamos de ver o perigoso, imprudente, destrutivo e consumidor de drogas Justin Bieber deportado", diz o texto.

O pedido começou depois que o jovem foi preso no dia 23 de janeiro, por estar fazendo um 'pega', além de estar drogado, na Flórida.

Na última quarta, ele foi acusado de agredir um motorista de limusine, no Canadá. Na chegada à delegacia, uma multidão feminina gritava em seu apoio.

Bieber segue os passos de astros como Lindsay Lohan, Britney Spears, Macaulay Culkin (de "Esqueceram de Mim"), Amanda Bynes ("Hairspray"), Demi Lovato e, mais recentemente, Zac Efron (da trilogia "High School Musical").

Miles Cyrus, antes conhecida como "Hanna Montana", também parece interessada abandonar sua imagem de menina meiga para de uma artista de sensualidade muito questionável, embora ainda não tenha se envolvido em problemas com a polícia.

Outra jovem estrela que enfrentou dificuldade na passagem para a idade adulta foi Michael Jackson.

O cantor canadense pareceu se comparar a Jackson num foto no Instagram, logo depois dele ter sido preso em Miami.

Ele postou uma montagem, com uma foto sua, acenando ao sair da cadeia, ao lado de um foto do Rei do Pop, também acenando, ao enfrentar acusações de pedofilia, uma década atrás.

"O que mais eles podem dizer", dizia a legenda.

A mídia informou que o pai do astro, Jeremy (que se separou da sua mãe quando ele ainda era um bebê), estava envolvido na corrida entre carros.



Filme reprisado

Para o jornal canadense "Globe and Mail", as atitudes de Bieber podem "ser lida como um indicativo da permissividade dos pais hoje em dia: um alerta sobre crianças criadas por mães solteiras".

E, apesar de jovens celebridades sempre terem agido mal ocasionalmente, as mídias sociais amplificam essas ações de maneira sem precedentes.

"Se eu fosse sue empresário, a minha vontade será mandar Justin para o seu quarto durante três meses", declarou Robert Thompson, professor de cultura pop na Univesidade de Syracuse.

"O problema é que existem 400 paparazzi do lado de fora do seu quarto tirando fotos, sem contar que eles está 'tuitando' do seu quarto".

Grieco concorda, dizendo: "O Twitter e outras redes sociais contribuíram para um novo tipo de adoração das celebridades, mas a próprias celebridades são entusiastas contribuem para esse problema."

"Eu tentaria manter meu cliente fora do Twitter e do Instagram durante um tempo".

O site "TMZ", especializado em celebridades, informou que Bieber quer se mudar para um lugar que não tenha "regras, regulamentos e vizinho chatos".

De qualquer maneira, essa história vai continuar. "Não seria possível escrever um drama melhor. Não há inocência. Tem 'pathos'. Tem suspense. Tem tragédia." afirmou o "Globe and Mail".

Grieco disse que ele tem poucas dúvidas sobre como esse caso vai terminar. "Talvez Justin nos supreenda, mas se a história diz alguma coisa, duvido isso."

"Já vimos esse filme antes", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo