Entretenimento

Nélida Piñon recebe prêmio do BID por contribuição à cultura

Reuters
A escritora Nélida Piñon Imagem: Reuters

05/12/2013 23h15

A escritora e imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) Nélida Piñon recebeu nesta quinta-feira (5), em Washington, o Prêmio Cátedra Enrique Iglesias de Cultura e Desenvolvimento, concedido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em reconhecimento à sua obra literária e à gestão cultural.

Ao receber o prêmio, Nélida deu uma aula sobre a herança cultural comum de brasileiros e hispano-falantes e seu peso na construção de uma identidade regional.

A brasileira já foi agraciada com o Prêmio Príncipe de Astúrias, em 2005, e o Prêmio Internacional de Literatura, em 1995.

"Ainda que circunscritos a paradigmas da modernidade, perdura na arte e na cultura a consciência de que viemos de longe, e de que, por onde caminharmos, repousam sobre nossa arte e nosso pensamento os caminhos de uma identidade ligada ao passado", disse Piñon.

Ao anunciar o prêmio, o chefe da divisão de Cultura do BID, Iván Duque, destacou que a condecoração à Nélida Piñon "é um símbolo do papel que as mulheres artistas desempenham na cultura regional, além de representar o valor da criatividade e da herança brasileira no continente".

Duque lembrou que Nélida foi a primeira mulher a dirigir uma academia nacional de Língua. Entre 1996 e 1997, ela presidiu a ABL.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo