Topo

Entretenimento

Inaugurado em Moscou um monumento a Varlam Shalamov, cronista dos gulags

30/10/2013 15h07

MOSCOU, 30 Out 2013 (AFP) - Um monumento em memória do escritor Valam Shalamov, autor dos "Relatos da Kolyma", uma crônica do gulag estalinista, foi inaugurado nesta quarta-feira em Moscou.

"Shalamov é um dos principais escritores russo do século XX, talvez o principal, e um dos únicos conhecidos mundialmente no século XX", afirmou o historiador Arseni Roguinski.

Uma placa na escultura da cabeça de Shalamov, que passou 17 anos em campos de concentração russos, indica que o escritor viveu ali "de 1934 a 1937, entre duas detenções.

Trata-se do primeiro monumento dedicado a Shalamov em Moscou, onde nenhuma rusa ou praça tem o nome do escritor, cuja obra foi traduzida em todo o mundo.

Os "Relatos de Kolyma" são considerados o testemunho mais importante sobre a vida e a morte dos presos nos campos oviéticos, junto a "Arquipélago Gulag", de Alexandre Solyenitzen.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento