Entretenimento

Começa o julgamento de integrantes do grupo Murdoch por grampos telefônicos

28/10/2013 12h39

LONDRES, 28 Out 2013 (AFP) - O julgamento de oito dirigentes e jornalistas do grupo de Rupert Murdoch pelo escândalo das escutas telefônicas que extinguiu o semanário britânico News of the World foi iniciado nesta segunda-feira, em Londres.

Entre os acusados, figuram dois ex-protegidos de Murdoch, p ex-diretor do News of the World e ex-assessor de comunicação do primeiro-ministro David Cameron, Andy Coulson, a ex-diretora do The Sun, Rebekah Brooks, e seu marido Charlie.

Estes três acusados têm relações de amizade com o primeiro-ministro conservador britânico David Cameron.

Eles são acusados de ter interceptado ilegalmente conversações realizados por celulares, de ter subornado funcionários públicos e esconder provas.

O News of the World, que fechou as portas em julho de 2011 devido ao escândalo provocado pelas escutas, é acusado de ter grampeado desde 2000 os correios de voz dos celulares de cerca de 600 pessoas, incluindo celebridades, políticos e membros da família real, e também vítimas de crimes comuns para tentar obter informações exclusivas.

A primeira investigação sobre as escutas, iniciada em 2006, resultou no ano seguinte em penas de vários meses de prisão para um jornalista e um detetive empregados pelo jornal. Mas, depois de novas revelações, a Scotland Yard decidiu reabrir a investigação no início de 2011.

bur-kjl/gj/mfp/dmc.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo