Topo

Entretenimento

Suprema Corte americana arbitrará disputa sobre roteiro de 'Touro Indomável'

01/10/2013 16h52

WASHINGTON, 01 Out 2013 (AFP) - A Suprema Corte dos Estados Unidos concordou nesta terça-feira em mediar a disputa entre os estúdios Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) e o roteirista de "Touro Indomável", um filme de sucesso sobre a vida do boxeador Jake LaMotta, interpretado por Robert De Niro.

Paula Petrella, filha do falecido escritor Frank Petrella, exige o pagamento de seus direitos sobre o filme dirigido por Martin Scorsese.

A MGM, que produziu o filme, saiu vitoriosa após um primeiro julgamento em um tribunal de apelação na Califórnia (oeste), que considerou que a herdeira havia esperado muito tempo para reivindicar o seu direito a um roteiro que data de 1963 e a um filme lançado em 1980.

"Touro Indomável" (Raging Bull), que ganhou dois Oscars em 1981 (Melhor Ator para De Niro e Melhor Edição), apresenta a ascensão e queda de Jack La Motta, campeão de boxe peso médio.

Este é um dos oito casos que a Suprema Corte americana decidiu por arbitrar no período 2013-14, entre mais de 2.000 casos que examinou. A audiência sobre o assunto será realizada em janeiro de 2014.

A Suprema Corte manteve seus trabalhos normalmente nesta terça-feira, apesar da paralisação do Estado causada pela incapacidade do Congresso em aprovar um orçamento na segunda-feira à noite.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento