Entretenimento

Após 70 anos, Ópera de Nova York encerra atividades por falta de dinheiro

01/10/2013 13h38

A Ópera de Nova York, a segunda em importância atrás do Metropolitan, anunciou nesta terça-feira o seu encerramento, depois de 70 anos de atividades, incapaz de arrecadar os sete milhões de dólares necessários para financiar a sua temporada.

"A Ópera House de Nova York não conseguiu atingir sua meta. Hoje, a diretoria e a administração iniciarão as etapas operacionais e financeiras necessários para fechar a companhia", indicou em um comunicado enviado à AFP Risa Heller, porta-voz da instituição.

Até segunda-feira, prazo definido pela Ópera para obter o dinheiro necessário para a temporada, a companhia havia arrecadado apenas dois dos sete milhões de dólares.

Apelidada de a "Ópera do povo", foi criada em 1944 com o objetivo de tornar este espetáculo mais acessível, com preços razoáveis.

Foi nesta ópera que o espanhol Placido Domingo e a soprano americana Beverly Sills lançaram suas carreiras na década de 1960.

Mas há anos a instituição enfrenta dificuldades financeiras e o conselho administrativo decidiu na semana passada decretar falência depois de segunda-feira se não arrecadasse o montante em questão.

A apresentação no último sábado à noite de "Anna Nicole" na Brooklyn Academy of Music foi a última da ópera.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo