PUBLICIDADE
Topo

iPhone de baixo custo deve estrelar evento da Apple em 10 de setembro

03/09/2013 18h47

SAN FRANCISCO, California, 03 Set 2013 (AFP) - A Apple começou a enviar convites nesta terça-feira para um evento previsto para 10 de setembro, no qual deve renovar a linha de iPhones e lançar uma versão de baixo custo de seu popular celular inteligente.

No melhor estilo Apple, os convites revelaram pouco. A mensagem "Algo que deverá abrilhantar o dia de todos" aparece abaixo da logomarca da empresa em uma página pontilhada de círculos com cores vibrantes.

O desenho parecia aludir a informações não confirmadas de que a Apple planeja lançar iPhones numa variada paleta de cores, incluindo o dourado.

O evento especial será realizado na sede da Apple, na cidade de Cupertino, Vale do Silício, Califórnia (oeste).

Segundo rumores, a empresa da maçã está preparando duas novas versões de seu iPhone, incluindo um modelo com preço mais acessível, para agradar a consumidores de mercados emergentes, como a China.

A manobra da Apple ocorre em meio à pressão crescente de concorrentes, como a Samsung, cujos smartphones equipados com sistema operacional Android são mais baratos.

As especulações se concentram em uma provável mudança de estratégia da Apple, de deixar de se concentrar unicamente em dispositivos 'premium' voltados para um consumidor exigente que não se importa em pagar caro, para incluir a seu portfólio um aparelho de baixo custo voltado para pessoas com orçamentos mais apertados.

Embora os novos iPhones prometam arrebatar as atenções, a peça central do evento da Apple será a uma interface de tela tátil totalmente revista.

Em junho, a Apple revelou aquilo que seu diretor-executivo Tim Cook denominou de a maior mudança no iOS - sistema operacional móvel da Apple - desde a introdução do iPhone, em 2007.

Jonathan Ive, o homem por trás dos designs de hardware vencedores dos produtos Apple, pôs sua marca nos ícones, no layout e no estilo das telas inicial e de bloqueio que as pessoas usam para usar os dispositivos móveis da Apple.

O novo iOS traz o muito aguardado iTunes Radio Service, com mais de 200 emissoras "e uma catálogo incrível de músicas" da loja online da Apple.

O serviço gratuito de música "oferece aos fãs de música acesso a milhares de novas canções toda a semana, assim como disponibiliza músicas exclusivas de artistas novos e populares antes que você os ouça em qualquer outro lugar", anunciou a Apple.

Na semana passada, a empresa começou a permitir que proprietários de iPhones nos Estados Unidos comercializem seus smartphones em troca de créditos para comprar modelos novos.

Segundo o analista da consultora de tecnologia Gartner, Van Baker, à medida que o mercado de smartphones amadurece nos Estados Unidos e em outros países ocidentais, as empresas podem ter mais sorte ao encorajar atualizações ao invés de conquistar consumidores de primeira viagem.

Sendo assim, a motivação deste programa de comércio interno da Apple provavelmente seria manter os usuários de iPhone leais à marca, bem como ao iTunes, o lucrativo site de vendas de música digital, filmes e livros da empresa.

"Tudo se trata de manter as pessoas em seus domínios", disse Baker.