Topo

Entretenimento

Estátua da Pequena Sereia de Copenhague celebra cem anos com espetáculo

EFE/Nikolai Linares
23.ago.2013 - Cem mulheres se reúnem para nadar em homenagem ao centenário da estátua da Pequena Sereia em Copenhague, na Dinamarca Imagem: EFE/Nikolai Linares

23/08/2013 12h41

A famosa estátua da Pequena Sereia de Copenhague, na Dinamarca, completa cem anos nesta sexta-feira (23), diante de uma multidão que demonstrou como o conto de Hans Christian Andersen ainda emociona crianças e adultos. A cidade programou para esta sexta-feira um espetáculo com cem nadadoras fantasiadas de sereias, que formariam o número cem.

Desde 23 de agosto de 1913, esta obra de bronze permanece sentada em uma rocha de baía da capital dinamarquesa. Com 1,25 metro de altura, a estátua virou símbolo da cidade e do país, assim como a Torre Eiffel é para Paris e a Estátua da Liberdade é para Nova York.

A estátua sofreu vários problemas em um século de existência. Em 1964, a cabeça foi roubada e teve que ser substituída por outra. Foi novamente roubada em 1998, mas os criminosos, aparentemente arrependidos, devolveram a peça. Em 1984, um braço da sereia foi cortado.

Apenas uma vez a sereia deixou Copenhague: em 2010, para uma exposição no pavilhão dinamarquês da Exposição Universal de Xangai.

No conto publicado por Andersen em 1837, a Pequena Sereia se apaixona por um príncipe que salvou do afogamento, mas para viver com ele precisa se transformar em uma jovem humana por meio de um complicado feitiço.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento