Entretenimento

Morre escritor israelense Yoram Kaniuk, combatente da laicidade

09/06/2013 22h15

O escritor e jornalista israelense Yoram Kaniuk, um dos grandes autores da literatura israelense, faleceu no sábado, aos 83 anos, em Tel Aviv, vítima de um câncer, informaram fontes médicas neste domingo (9).

Kaniuk, prestigiado em Israel e no exterior, produziu uma vasta obra que inclui 20 romances. Foi traduzido e publicado fora de seu país, especialmente na França. "Exodus, a odisseia de um comandante" é um de seus títulos disponível em português.

Nascido em 2 de maio de 1930, em Tel Aviv, Kaniuk se alistou muito jovem no Palmaj, a milícia paramilitar sionista e, depois, uniu-se ao novo Exército do Estado de Israel. Esquerdista e militante em favor da paz, também era conhecido por sua incansável luta pela separação entre Estado e religião.

Yoram Kaniuk recebeu neste domingo a homenagem do presidente israelense, Shimon Peres, que considerou sua morte "uma grande perda para a literatura, a cultura e a alma de Israel".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo