Entretenimento

Google descarta função de reconhecimento facial em óculos inteligentes

01/06/2013 18h26

SAN FRANCISCO, 01 Jun 2013 (AFP) - A Google decidiu descartar a função de reconhecimento facial em seus novos óculos inteligentes, numa tentativa de aplacar os temores de que o dispositivo, com câmera e conexão à internet, tenha um efeito negativo sobre o direito à privacidade.

"Não iremos acrescentar a função de reconhecimento facial sem, antes, implementar fortes medidas para proteger a privacidade", disse a Google em uma mensagem publicada na internet e destinada aos criadores de aplicativos para o dispositivo.

Em maio, um grupo de deputados americanos pediu à Google que informasse sobre as consequências do uso dos óculos sobre o direito à privacidade, e sobre o "uso indevido da informação" com o dispositivo.

Oito deputados americanos que fazem parte do "caucus" do Congresso sobre a privacidade afirmaram em uma carta que desejavam saber "se a nova tecnologia poderia violar a privacidade do americano".

Algumas pequenas lojas americanas prometeram vetar o uso dos óculos em seus estabelecimentos, por medo de fotos ou vídeos feitos discretamente.

As redes sociais Facebook e Twitter já lançaram seus próprios aplicativos para o Google Glass.

Vários veículos da mídia também desenvolveram aplicativos para as lentes inteligentes, que, no momento, estão à disposição apenas dos criadores de aplicativos e de um seleto grupo de "exploradores".

O uso dos óculos inclui desde tarefas práticas, como fazer compras ou receber a previsão do tempo local, até atividades ligadas ao entretenimento, como compartilhar sequências de vídeo em tempo real ou jogar games em que o mundo é o tabuleiro.

O Google Glass se conecta à internet por meio de pontos de acesso Wi-Fi gratuitos ou conexão wireless com telefones celulares. As fotos e os vídeos são compartilhados através da rede social Google Plus.

O cofundador e chefe da Google, Larry Page, apresentou os óculos como parte de um esforço da empresa para "tirar do caminho" os computadores, com o objetivo de que as pessoas possam se focar em vidas enriquecidas pelas possibilidades da internet.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo