Topo

Entretenimento

Artista chinês Ai Weiwei divulga vídeo sobre sua detenção

Reprodução
Artista chinês Ai Weiwei faz vídeo irônico sobre sua detenção em 2011 Imagem: Reprodução

22/05/2013 07h50

 O artista dissidente chinês Ai Weiwei divulgou nesta quarta-feira na internet um videoclipe de uma canção de heavy metal que descreve, de forma sombria e irônica, sua detenção em 2011.

Em "Dumbass" ("Idiota"), o preso Ai é interrogado, deixa a impressão digital em um documento oficial e recebe um gorro com a palavra "criminoso", antes de ser levado para a ducha, onde policiais o observam.

O vídeo, de cinco minutos, repleto de insultos, mostra ainda guardas dançando com mulheres de roupas íntimas e banheiros repletos de caranguejos, um animal cujo nome em chinês se pronuncia como a palavra "harmonia", um dos principais conceitos da propaganda do regime.

Ai Weiwei, de 55 anos, pintor, escultor, fotógrafo, artista plástico e diretor chinês, que têm suas obras expostas nas grandes capitais ocidentais, é um símbolo dos que se atrevem a criticar em público o sistema comunista e o partido único que governa a China.

Detido em 2011 durante 81 dias, Ai Weiwei explicou à AFP que para o vídeo criou uma "réplica exata" do local em que ficou preso.

O vídeo "Dumbass" pode ser assistido no site do artista .

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento