Entretenimento

ONU celebra Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

02/05/2013 11h00

BEIRUTE, 02 Mai 2013 (AFP) - A ONU celebra na sexta-feira o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, com a visita da diretora geral da Unesco, Irina Bokova, a Costa Rica, onde participará em uma conferência internacional sobre a segurança dos jornalistas.,

Bokova e a presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla, devem entregar o Prêmio Unesco-Guillermo Cano, que este ano foi atribuído à jornalista detida etíope Reeyot Alemu.

Alemu foi presa em 2011 quando era colunista do jornal Feteh e condenada a cinco anos de prisão.

Atualmente, a Síria é uma das maiores preocupações da Unesco a respeito do jornalismo.

Repórteres como o italiano Domenico Quirico, do jornal La Stampa, ou James Foley, que colaborou com a AFP em reportagens para o serviço de vídeos, estão desaparecidos no país.

O regime sírio não concede vistos para jornalistas com facilidade e a insistência para controlar qualquer informação procedente da Síria leva muitos repórteres a entrar no país a partir da Turquia, sem permissão do governo de Damasco.

Grupos rebeldes e a crescente tensão no país também complicam o exercício dos jornalismo dentro da Síria. Assim, sequestradores tentam raptar repórteres para pedir resgate e grupos islamitas acusam jornalistas de espionagem.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo