Entretenimento

Índia suspende memorial a Gandhi para preservar casa onde nasceu George Orwell

AFP
Casa onde nasceu o escrito George Orwell, em Motihari, na Índia Imagem: AFP

18/04/2013 12h11

 A Índia abandonou o projeto de construção de um memorial em homenagem ao herói da independência, Mahatma Gandhi para não invadir a casa natal do autor de "1984", o britânico George Orwell, em Motihari.

Na semana passada, um ministro do governo de Bihar colocou a primeira pedra do memorial a Gandhi, situado nos terrenos que cercam uma casa colonial da família Orwell, na cidade de Motihari, o que provocou a inquietação dos fãs do escritor.

"Após as perguntas apresentadas por várias pessoas, a administração do distrito interrompeu a construção do parque ao redor do local de nascimento de Orwell", declarou à AFP um funcionário do governo local, Vinay Kumar.

Orwell, que recebeu o nome Eric Arthur Blair ao nascer em 25 de junho de 1903, viveu em Motihari até completar um ano, quando deixou a Índia para morar na Inglaterra com a mãe e a irmã. Seu pai, Richard W. Blair, era funcionpario do governo colonial na Índia.

  • George Orwell é autor de livros como "A Revolução dos Bichos"

A casa da família permaneceu abandonada durante anos. Danificada por um terremoto em 1934, virou abrigo dos animais abandonados. Há poucos meses, uma estátua de Orwell no local foi alvo de atos de vandalismo.

Deo Priya Mukherjee, diretor do comitê pela memória de Orwell em Bihar, comemorou a interrupção das obras do memorial de Gandhi.

"O parque em memória de Gandhi deveria ser construído longe do local protegido que abriga a casa natal do escritor", disse à AFP, antes de considerar "lamentável que pessoas movidas por interesses pessoais tenham tentado fazer deste local uma área associada a Gandhi", enquanto o local não tem nenhuma relação com o herói da independência.

Orwell nunca voltou a Motihari. Sua obra, marcada fundamentalmente por "1984" e "A Revolução dos Bichos", evoca, entre outras coisas, sua postura contra o imperialismo britânico, a favor da justiça social e contra o totalitarismo.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo