PUBLICIDADE
Topo

Ex-solista do Bolshoi acusa direção de prostituir bailarinas

Galina Stepanenko e Dmitry Belogolovtsev em ensaio de "O Lago dos Cisnes" no Balé Bolshoi, em Moscou - AFP PHOTO / ALEXANDER NEMENOV
Galina Stepanenko e Dmitry Belogolovtsev em ensaio de "O Lago dos Cisnes" no Balé Bolshoi, em Moscou Imagem: AFP PHOTO / ALEXANDER NEMENOV

19/03/2013 13h28

A ex-solista do Bolshoi Anastassia Volotchkova acusou a direção do famoso teatro de prostituir suas bailarinas, em afirmações consideradas delirantes pelo diretor da instituição nesta terça-feira (19).

Volotchkova, uma polêmica bailarina, demitida do Bolshoi em 2003, divulgou as informações no domingo (17) durante um talk show da rede de televisão NTV e as repetiu depois em diversas emissoras de rádio.

"São meninas do corpo de balé, mas também solistas. Infelizmente,o diretor do Bolshoi transformou o teatro em um grande bordel", declarou ela à rádio RSN.

"Há dez anos, quando eu dançava no teatro, recebi, em diversas oportunidades, propostas para me deitar com homens durante seus banquetes", acrescentou.

"As meninas do corpo de balé me contaram como eram obrigadas a participar dos banquetes e eles diziam que haveria sexo depois. Quando elas perguntavam 'e seu recusarmos?', eles respondiam que elas não partiriam mais em turnê e que suas carreiras no Bolshoi chegariam ao fim", afirmou Volotchkova.

Consultado nesta terça durante uma entrevista coletiva à imprensa sobre essas acusações, o diretor do Bolshoi, Anatoli Iksanov, se recusou a "comentar as afirmações delirantes e sujas".

O Bolshoi teve sua reputação abalada após o ataque com ácido em janeiro contra o diretor artístico da instituição, Serguei Filine.

Três pessoas, incluindo o solista do balé do Bolshoi Pavel Dmitritchenko, considerado o mandante, foram presos. Porém, logo depois mais de 300 artistas escreveram em 12 de março ao presidente Vladimir Putin para defender o bailarino acusado, segundo eles, de maneira "precipitada".