PUBLICIDADE
Topo

Suspeitos admitem culpa por ataque ao diretor do Bolshoi

Sergei Filin, diretor artístico do balé Bolshoi, deixa hospital em Moscou após ter sofrido um ataque com ácido que atingiu os olhos e o rosto, no mês passado - Misha Japaridze/AP
Sergei Filin, diretor artístico do balé Bolshoi, deixa hospital em Moscou após ter sofrido um ataque com ácido que atingiu os olhos e o rosto, no mês passado Imagem: Misha Japaridze/AP

06/03/2013 05h28

Um solista do balé Bolshoi, o suposto idealizador do ataque contra o diretor artístico do teatro de Moscou, admitiu a culpa, assim como o agressor e o motorista, informou a polícia da capital russa.

"A polícia de Moscou prendeu o suposto instigador Pavel Dmitritchenko, o agressor Yuri Zarutski e o motorista que o levou ao local do crime", afirma um comunicado.

"Os três se declararam culpados", completa a nota da polícia.

"A investigação prossegue para esclarecer todas as circunstâncias do crime".

O diretor artístico do balé Bolshoi, Serguei Filin, que assumiu o cargo em 2011, foi agredido com ácido por um desconhecido em 17 de janeiro perto de sua residência em Moscou.

Filin sofreu queimaduras de terceiro grau no rosto e teve a visão afetada.

O ex-bailarino, de 42 anos, foi submetido a várias operações em Moscou e atualmente passa por tratamento na Alemanha.