Topo

Entretenimento

O Washington Post é mais uma vítima dos hackers chineses

02/02/2013 14h05

WASHINGTON, 02 Fev 2013 (AFP) - O Washington Post revelou neste sábado que sofreu um ataque de hackers, aparentemente chineses, se juntando a outros importantes meios de comunicação americanos que já denunciaram ataques deste tipo nos últimos dias.

O jornal afirmou em nota publicada na sua primeira página que o ataque foi detectado em 2011, informando também que representantes da companhia preferiam não comentar as circunstancias, a duração ou a origem dos ataques.

O diário citou seu porta-voz, Kris Coratti, quando este anunciou em 2011 que o jornal trabalhava junto com uma empresa de segurança cibernética para detectar, investigar e resolver essas situações "de imediato".

"Tomamos uma série de medidas de segurança para nos proteger de ciberataques no futuro", disse na época Coratti.

A revelação ocorre após o Twitter informar na sexta-feira que estava sendo visado por um sofisticado ataque cibernético similar aos denunciados recentemente por outros meios de comunicação.

O Twitter informou que as senhas de cerca de 250.000 usuários foram roubadas.

Esta semana, o New York Times e o Wall Street Journal acusaram hackers chineses de atacar seus computadores com a intenção de espionar os jornalistas encarregados de cobrir o país asiático.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento