Entretenimento

Circo de Soleil demite 400

17/01/2013 01h10

MONTREAL, 17 Jan 2013 (AFP) - O Circo de Soleil anunciou nesta quarta-feira a demissão de 400 funcionários - 9% de seu quadro - diante do aumento dos custos de produção, que afetaram profundamente os lucros, apesar do recorde de venda de ingressos.

"O Circo não está enfrentando uma crise. As coisas vão bem, de fato", destacou a diretora de Relações Públicas da companhia canadense, Renee-Claude Menard, em entrevista coletiva.

Menard revelou que a companhia vendeu 14 milhões de ingressos no ano passado, totalizando 1 bilhão de dólares, mas seu rápido crescimento, assim como vários "fatores externos", incluindo um dólar canadense persistentemente alto, afetou os lucros.

A metade do pessoal do Circo de Soleil está baseado em Montreal e recebe em dólar canadense, enquanto 90% da renda da companhia é gerada no exterior.

O Circo, fundado em 1984 pelo canadense Guy Laliberté, tem atualmente 5 mil funcionários, em todo o mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo