Entretenimento

Al-Jazeera compra Current TV, canal americano de Al Gore

03/01/2013 07h46

NOVA YORK, 03 Jan 2013 (AFP) - O canal de televisão americano Current TV, fundado em 2005 pelo ex-vice-presidente americano Al Gore, anunciou na quarta-feira que foi vendido para a Al-Jazeera, emissora de notícias com sede no Qatar.

"Estamos orgulhosos e felizes de que a Al-Jazeera, a organização de notícias premiada internacionalmente, tenha comprado a Current TV", afirmam em um comunicado Gore, diretor da emissora com sede em São Francisco, e Joel Hyatt, o outro fundador do canal e diretor geral.

A Current TV tem por objetivos "dar a palavra àqueles que, normalmente, não são ouvidos, dizer a verdade ao poder, facilitar pontos de vista diversos e independentes, além de contar histórias que ninguém mais conta", afirma a mensagem publicada na página do canal no Facebook do canal.

O texto destaca que a Al-Jazeera compartilha esta visão.

A compra foi confirmada em um comunicado pelo canal do Qatar.

A Al-Jazeera afirma que lançará um "canal de notícias com sede nos Estados Unidos e que proporcionará notícias nacionais e internacionais para o público americano".

O novo serviço estará disponível na atual rede de distribuição e terá como base Nova York, de acordo com o canal do Qatar.

De acordo com um blog do jornal New York Times, que horas antes havia anunciado a iminência da operação, a compra da Current TV, por um valor mantido em sigilo, permitiria à Al-Jazeera obter um importante canal de distribuição nos Estados Unidos, onde a emissora está disponível apenas em algumas cidades, entre elas Nova York e Washington, além de reforçar a concorrência com a CNN e outros canais de notícias.

A Current TV está presente em 60 dos 100 milhões de lares americanos equipados com televisão a cabo ou por satélite.

As fontes do New York Times informaram que a Al-Jazeera absorveria parte dos funcionários do canal americano, mas criaria uma nova emissora com sede em Nova York, que provavelmente se chamará Al-Jazeera América. Quase 60% de seus programas seriam produzidos nos Estados Unidos e o restante seria procedente do serviço em inglês já existente.

A Current TV não divulgou nenhuma informação sobre o futuro de seus programas, nem sobre o futuro da atual direção.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo