Topo

Entretenimento

Arquiteto Niemeyer nomeado 'cidadão ilustre do Mercosul post mortem'

06/12/2012 16h50

BRAS¯LIA, 06 dez 2012 (AFP) - O arquiteto Oscar Niemeyer, que morreu aos 104 anos, foi nomeado nesta quinta-feira, “Cidadão Ilustre do Mercosul” pelos chanceleres do bloco, reunidos em Brasília, sua obra-prima, informou o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Antonio Patriota.

A reunião de chanceleres anterior à cúpula presidencial de sexta-feira começou com um minuto de silêncio em homenagem a Niemeyer, que morreu na quarta-feira à noite, explicou Patriota.

Os representantes de Argentina, Brasil, Uruguai e Venezuela, novo Estado membro pleno do grupo, decidiram agraciá-lo com o título porque Niemeyer "foi um gênio brasileiro, latino-americano e do Mercosul", disse Patriota.

A decisão foi tomada em um dos mais emblemáticos edifícios públicos criados por Niemeyer na capital, a sede da Chancelaria, a poucos metros de onde está sendo velado seu corpo, no Palácio do Planalto.

Participaram da reunião o chanceler brasileiro e seus homólogos Héctor Timerman, da Argentina, e Luis Almagro, do Uruguai, além da vice-ministra venezuelana para a América Latina, Verónica Guerrero.

O Paraguai está suspenso do bloco desde junho, após a destituição do ex-presidente Fernando Lugo pelo Congresso.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento