Entretenimento

Assange está bem, mas não poderá continuar na embaixada por muito tempo

10/11/2012 17h13

BRASÍLIA, 10 Nov 2012 (AFP) -O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, está bem, mas não pode continuar por muito mais tempo na embaixada do Equador em Londres porque sua saúde pode se deteriorar, afirmou neste sábado em Brasília o ex-juiz Baltasar Garzón, que coordena sua defesa.

"Ele - Assange - está bem, mas a situação se deteriorará em breve", disse Garzón, que afirmou que se sua estadia na embaixada se prolongar, "teremos problemas médicos consideráveis" e talvez até problemas psicológicos, devido às condições de sua reclusão.

O ex-juiz explicou que Assange, refugiado na embaixada em Londres desde 19 de junho, ocupa um quarto de dimensões reduzidas, sem as condições que até um centro penitenciário lhe garantiria.

Em outubro, o vice-ministro das Relações Exteriores equatoriano, Marco Albuja, declarou que seu governo está "muito preocupado" com o estado de saúde de Assange, que "emagreceu muito".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo