Entretenimento

Irã bloqueia acesso ao Gmail

24/09/2012 07h35

TEERÃ, 24 Set 2012 (AFP) -O Irã bloqueou nesta segunda-feira o acesso ao Gmail, o serviço de e-mail gratuito e relativamente seguro do Google, e limitou o acesso ao site de buscas, dentro do projeto de colocação em funcionamento de uma intranet nacional distinta da rede mundial.

"A pedido do povo, o Google e o Gmail serão filtrados em todo o país. Ficarão bloqueados até nova ordem", anunciaram as autoridades em uma SMS, citando Adbolsamad Joramabadi, conselheiro da procuradoria-geral e secretário de um órgão encarregado de detectar conteúdos ilegais na internet.

O acesso ao Google estava limitado a sua versão sem segurança, e vários habitantes de Teerã declararam à AFP não poder abrir seu Gmail salvo passando pelo protocolo VPN (Virtual Private Network), que permite a milhões de iranianos fugir da centura.

O regime iraniano acusa os ocidentais de usar a internet para travar uma "guerra não declarada" a fim de desestabilizá-lo e as autoridades anunciaram que uma "internet iraniana", oficialmente mais rápida e segura, substituíra os servidores e buscadores estrangeiros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo