Entretenimento

Morre em Paris Héctor Bianciotti, escritor argentino e jornalista do "Le Monde"

AP
Escritor argentino Hector Bianciotti posa para foto em Paris (18/01/96) Imagem: AP

12/06/2012 20h43

O escritor e jornalista argentino Héctor Bianciotti, que também tinha nacionalidade francesa, morreu em um hospital de Paris aos 82 anos, anunciou uma fonte à AFP.

Bianciotti morreu no hospital Henri Dunant depois de uma longa doença, afirmou a fonte, completando que os últimos anos foram "muito difíceis para ele depois de ter a consciência de que perdia a memória".

O escritor nasceu em Calchin Oeste, nos pampas de Córdoba, em 18 de março de 1930. Saiu de seu país em 1955 rumo a Itália e Espanha e em 1961 instalou-se na França, onde fez seus primeiros passos no mundo da edição redigindo notas de leitura para a editora Gallimard.

Entre suas obras destacam-se "La busca del jardín" (1977), "El amor no es amado" (1983), "Sin la misericordia de Cristo" (1985) e "Lo que la noche le cuenta al día" (1992).

Jornalista literário na revista "Le Nouvel Observateur" e depois no jornal "Le Monde", nacionalizou-se francês em 1981.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo