Topo

Entretenimento

Washington rejeita controle da internet pela ONU

31/05/2012 12h39

WASHINGTON, 31 Mai 2012 (AFP) -Representantes eleitos e funcionários do governo dos Estados Unidos manifestaram nesta quinta-feira sua firme oposição ao controle das Nações Unidas sobre a internet, como é exigido por vários países.

"Em todas as reuniões e encontros bilaterais de que participamos, nós nos opomos vigorosamente a qualquer tentativa de estender o controle do governo sobre a internet", insistiu Philip Verveer, um funcionário do Departamento de Estado, encarregado da coordenação de tecnologia da informação, em uma audiência no Congresso.

Agir desta forma, "sufocaria fatalmente o dinamismo da internet", acrescentou.

Em nota, o Comitê de Energia e Comércio da Câmara de Deputados, onde decorreu a audição, considera que passar o controle da internet para a ONU "poderia comprometer a sua rapidez, além dos benefícios econômicos e sociais que beneficiam o planeta".

Em uma reunião da União Internacional das Telecomunicações (UIT), a ser realizada em dezembro, alguns países devem se pronunciar sobre a possibilidade deste órgão da ONU se responsabilizar pelo controle da rede.

Rússia e China lamentam o fato de os Estados Unidos, de acordo com eles, terem forte domínio sobre a internet, e querem que mais poder seja concedido às Nações Unidas para dar maior peso aos países em desenvolvimento.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento