Topo

Entretenimento

Morreu o escritor italiano Antonio Tabucchi

25/03/2012 12h52

Roma, 25 Mar 2012 (AFP) -A Itália perdeu um de seus melhores escritores, muitas vezes cotado para o Nobel de Literatura, com a morte neste domingo em Lisboa de Antonio Tabucchi, vítima de uma longa doença aos 68 anos.

Considerado um dos maiores autores italianos contemporâneos, Antonio Tabucchi escreveu obras como "Afirma Pereira" e "O Tempo Envelhece Depressa".

Segundo o jornal La Repubblica, do qual o grande escritor era colaborador, Antonio Tabucchi foi vítima de um câncer.

Autor de mais de 20 livros traduzidos para quase 40 idiomas, este romancista, professor universitário e ensaísta era o principal tradutor e promotor da obra do escritor português Fernando Pessoa em italiano.

Vários romances de Tabucchi foram adaptados para o cinema, como "Noturno Indiano" (prêmio Médicis estrangeiro, 1987), por Alain Corneau, e "Afirma Pereira", por Roberto Faenza, com Marcello Mastroianni como protagonista, o que contribuiu para o sucesso da obra.

Profesor de literatura portuguesa na Universidade de Siena (Italia) e romancista, Antonio Tabucchi foi articulista dos jornais Corriere della Sera e El País (Espanha). Foi um grande crítico do governo de Silvio Berlusconi.

O funeral acontecerá na próxima quinta-feira na capital de Portugal, um país que virou sua segunda pátria.

"Um amigo, um companheiro de estrada, um homem que viveu seu tempo com paixão e raiva, um intelectual europeu, um grande escritor nos abandonou", afirma um comunicado da editora italiana Feltrinelli.

O vice-presidente do Senado, Vannino Chiti, lamentou "a morte dolorosa de Antonio Tabucchi que nos afeta a todos" e destacou o "patrimônio apreciado de romances e obras, traduções e ensaios" deixado pelo escritor.

Filho único de um vendedor de cavalos, Tabucchi, nascido em 24 de setembro de 1943 em Pisa, na Toscana, estudou Filologia Românica e, a partir de 1962, Literatura em Paris, onde descobriu o poeta Fernando Pessoa ao ler a tradução para o francês de um de seus poemas.

O entusiasmo com a descoberta o levou a estudar o idioma e a cultura de Portugal, que se tornou sua segunda pátria. Tabucchi estudou Literatura Portuguesa na Universidade de Siena e redigiu uma tese sobre o "Surrealismo em Portugal". Apaixonado por Pessoa, traduziu toda sua obra para o italiano, ao lado da mulher, que conheceu em Portugal.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento