Entretenimento

Estados Unidos dão adeus a Whitney Houston

18/02/2012 21h44

Newark, EUA, 18 Fev 2012 (AFP) -Estrelas como Kevin Costner e Stevie Wonder prestaram homenagem neste sábado a Whitney Houston em seu funeral, celebrado na pequena igreja de New Hope, em Newark (Nova Jersey, leste dos Estados Unidos), onde a artista costumava a cantar em sua infância.

A cerimônia, que foi transmitida na íntegra e sem interrupção pelas redes de notícias, terminou quando o caixão da cantora foi retirado da igreja batista de Newark acompanhado por seus familiares por volta das 20h45 GMT (18h45 de Brasília), depois de uma cerimônia fúnebre particular de três horas e meia de duração.

Os restos de Houston foram retirados da igreja enquanto era apresentada uma versão de sua canção "I Will Always Love You", música principal do filme que protagonizou com Costner, "O Guarda-Costas", e lembrada por muitos como o hit de sua carreira.

O caixão foi colocado em um carro fúnebre de cor dourada, que foi escoltado por uma viatura policial e por duas motos, para um destino desconhecido.

Durante o funeral, Kevin Costner fez um discurso emocionado em homenagem aà cantora, cuja morte provocou tristeza e deixou em luto seus fãs em todo o mundo.

"Eu ainda era o seu 'Guarda-Costas' há não muito tempo, e agora você se foi", disse, muito emocionado, o ator antes de lembrar fatos relacionados às filmagens.

Costner explicou que, apesar de Houston ser perfeita para o papel da estrela pop Rachel Marron, os produtores do filme consideravam que uma intérprete branca e com mais experiência como atriz poderia ser mais adequada para a personagem.

"Disse a todos que eu sabia que ela era negra. O único problema era que tinha pensado que ela era perfeita para o que queríamos fazer", acrescentou Costner, voltando-se com frequência para o caixão coberto de flores.

"Houve algum alívio na sala quando descobrimos que Whitney tinha saído em turnê e que não estaria disponível para nosso filme. A ansiedade voltou quando eu disse que deveríamos adiá-lo e esperar um ano", acrescentou.

O prefeito de Newark, Cory Booker, ficou à frente da cerimônia, que começou às 17h20 GMT (15h20 de Brasília) com uma interpretação do coro do templo, New Hope Mass Choir.

"Estamos aqui para chorar nossa perda. Deus está no céu e com Ele, um dos nossos anjos, Whitney Houston", disse Booker.

Stevie Wonder cantou duas músicas em homenagem a Houston. "Agradeço a Deus por ter compartilhado momentos com Whitney", disse a cantora Alicia Keys.

O ex-marido de Whitney Houston, Bobby Brown, teve que deixar a cerimônia após alguns minutos dentro da igreja.

Aparentemente tinha saído contrariado depois de a família de Houston ter se negado a ceder um lugar a ele, segundo o reverendo Jesse Jackson à rede CNN.

O casal se divorciou em 2007 e Brown mantém tensas relações com a família de sua ex-mulher.

"Foi um momento difícil. Tentei fazer com que ficasse. Eles não deram um espaço a ele", explicou Jackson.

Aretha Franklin, que chegou a ter a sua participação anunciada, não pôde comparecer. A rede CNN indicou que a estrela do soul está doente.

"Whitney, hoje é o seu dia", disse Joe Carter, pastor da igreja de New Hope, localizada em um subúrbio de Nova York, para abrir a cerimônia. "É a única a nos reunir", acrescentou.

A entrada na cerimônia fúnebre da cantora, que faleceu no sábado passado aos 48 anos em um hotel de Los Angeles (Califórnia, oeste) por razões ainda desconhecidas, era permitida apenas com convite.

A polícia montou um forte esquema de segurança desde cedo, fechando as ruas próximas à igreja batista.

Na porta da igreja havia balões, ursos de pelúcia e flores deixadas nos últimos dias. "Whitney Houston, We will always love you, 1963-2012", era possível ler em um cartaz na entrada.

"Eu só queria me aproximar o máximo possível", disse à AFP Tamecca Melvin, uma fã de Nova Jersey.

"Ela me encantava. Eu cresci junto com ela. Embora fosse uma megaestrela, era uma dona de casa. Sempre foi essa pessoa (...) e adoro isso nela", afirmou Melvin.

Seus seguidores acompanharam a cerimônia ao vivo, principalmente pela televisão e pela internet, graças a uma câmera autorizada a transmitir do interior do recinto.

Whitney Houston vai ser enterrada no domingo no cemitério de Fairview, perto da cidade de Westfield, onde está enterrado seu pai, John, falecido em 2003, informou a rede de televisão ABC, que citou uma fonte policial.

A cantora, que dominou o cenário musical americano do pop e do soul nos anos 1980 e 1990, vendendo mais de 170 milhões de discos, travou uma longa batalha pública contra o vício das drogas que afetou negativamente sua carreira e sua vida pessoal.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo