Entretenimento

WikiLeaks: exército dos EUA envia soldado Manning à corte marcial

03/02/2012 22h38

WASHINGTON, 3 Fev 2012 (AFP) -O exército americano informou nesta sexta-feira que aprovou a recomendação da Justiça de enviar o soldado Bradley Manning, acusado de ter entregue milhares de documentos confidenciais ao site WikiLeaks, à corte marcial.

Esta decisão abre o caminho para estabelecer uma data de julgamento para Manning, de 24 anos, que enfrenta a possibilidade de prisão perpétua por "conivência com o inimigo".

"Um juiz militar será escolhido pela Justiça militar americana e esse juiz fixará um data para a leitura da ata de acusação, o lançamento de audiências e o julgamento", explicou o exército em comunicado.

Um tribunal militar americano recomendou em janeiro uma corte marcial para Manning, que participou da ocupação do Iraque desde novembro de 2009 até sua prisão em maio de 2011.

O soldado é acusado de ter entregue entre novembro de 2009 e maio de 2010 ao WikiLeaks cerca de 260.000 documentos diplomáticos confidenciais relacionados com as guerras de Iraque e Afeganistão, entre outros documentos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo