Topo

Entretenimento

Fundador do WikiLeaks estará em episódio dos Simpsons

31/01/2012 19h45

Los Angeles, 31 Jan 2012 (AFP) -Julian Assange, o fundador do site WiKileaks, aparecerá no episódio 500 da série de desenho animado "Os Simpsons", anunciaram nesta terça-feira os produtores do programa no site da revista Entertainment Weekly.

Um link publicado no Twitter dos Simpsons leva ao site da revista, que revela que Julian Assange - atualmente em prisão domiciliar na Grã-Bretanha à espera de uma eventual extradição para a Suécia, onde foi acusado de estupro - participará do episódio de 19 de fevereiro.

O criador da série, Matt Groening, "escutou um rumor segundo o qual o controverso militante que dirige o site (WikiLeaks) teria interesse em participar do programa como convidado especial", explicou Al Jean, produtor-executivo dos Simpsons.

"Então pedimos à nossa diretora de casting Bonnie Pietila (...) que encontrasse Assange. Coisa que ela fez", completou.

O fundador do WikiLeaks gravou diálogos em um local desconhecido e Al Jean afirmou que Assange foi dirigido à distância a partir de Los Angeles.

"Só me deram um número de telefone para o qual ligar", disse Jean.

Assange interpretará seu próprio papel no episódio 500 da série, no qual a família Simpson fica sabendo que seus vizinhos mantêm reuniões secretas para tentar expulsá-los da cidade.

Al Jean reconheceu que Julian Assange, também procurado pela Justiça americana por ter divulgado documentos confidenciais diplomáticos e militares é "um personagem controverso".

"Tivemos discussões internas sobre a possibilidade de tê-lo no programa, e finalmente decidimos fazê-lo", disse, completando que "nada do que (Julian Assange) faz nos Simpsons tem a ver" com seus problemas judiciais.

"Queríamos que fosse satírico e ele concordou", completou o produtor.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento