Topo

Entretenimento

Morre aos 73 anos a cantora americana Etta James

20/01/2012 15h46

LOS ANGELES, 20 Jan 2012 (AFP) -A cantora americana de jazz, blues e soul Etta James, famosa por seu sucesso de 1960 "At Last", morreu nesta sexta-feira aos 73 anos vítima de leucemia, anunciou a porta-voz da estrela, da qual destacou sua antenticidade e versatilidade.

"Sua música desafiava todas as categorias. Trabalhei com o Etta durante mais de 30 anos. Ela era minha amiga e sempre vou sentir sua falta", disse seu agente Lupe De León, que completou que a cantora, cujo verdadeiro nome era Jamesetta Hawkins, sofria de leucemia terminal e morreu em um hospital de Riverside (leste de Los Angeles).

Etta era "verdadeiramente única e podia cantar tudo", afirmou.

A cantora, capaz de passar sem esforço do jazz e do pop às baladas românticas e ao R&B, retomou sua carreira após sofrer com o vício de drogas e ganhou seis prêmios Grammy e 17 Blues Music Awards.

"A causa da morte foram as complicações da leucemia. Seu marido, Artis Mills Donto, e seus filhos Donto James e Sametto James estavam ao seu lado. Esta é uma tremenda perda para sua família, seus amigos e seus fãs do mundo todo", lamentou De León.

James foi incluída no Hall da Fama do Rock & Roll em 1993 e ganhou um Grammy por sua trajetória em 2003.

A cantora também é conhecida por sua comovente interpretação de canções como "I Rather Go Blind" e "All I Could Do Was Cry".

A diva Beyoncé cantou "At Last" para o presidente Barack Obama e a primeira-dama Michelle Obama no dia da posse do presidente, em janeiro de 2009.

Escrita em 1941 por Mack Gordon e Harry Warren, "At Last" tornou-se um sucesso pela primeira com Glenn Miller e sua orquestra e foi cantada por Nat King Cole antes que Etta James a tornou sua em 1960.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento