Entretenimento

Seriedade e informalidade nas passarelas de Paris

19/01/2012 15h57

PARIS, 19 Jan 2012 (AFP) -O sério terno de homem de negócios, bem cortado, ressaltando a largura dos ombros, predominou nas coleções masculinas dos estilistas europeus em Paris, enquanto os asiáticos optaram por looks mais informais.

A marca de luxo francesa Vuitton e a holandesa Viktor & Rolf apresentaram, de maneiras diferentes, looks relativamente clássicos, com poucos toques de peles em capuzes esportivos e gorros.

Desfilando uma mistura de ternos de lã grossa e caxemira, assim como jaquetas acolchoadas, os dândis de Viktor & Rolf, com sua fina gravata preta e luvas de couro, parecem sair de um filme policial à procura de um assassino.

As calças de couro dão um toque de fantasia junto às jaquetas que exageravam na largura das costas e os blazers de smoking em tom rosado brilhante e preto.

Os "engomados" modelos da Louis Vuitton desfilaram ternos com camisas de seda cruzadas, quase em cache-coeur, combinadas com jaquetas, como em um quimono.

Caçadores de lagarto ou crocodilo, com gola de couro de bezerro, estolas de vison, suntuosos casacos de lã com nós na lateral, jérsei de "bebê camelo", formaram o look, assim como bolsos feminino, da coleção do grupo francês, que usou todo tipo de matérias-primas para confeccionar suas peças.

Os estilistas da maison Issey Miyake, marca japonesa de vanguarda em pesquisa de materiais, desenvolveram complexas calças plissadas. Estes plissados flexíveis, que se movem com o corpo, foram muito copiados em todo o mundo há cerca de 20 anos. Para o próximo inverno europeu, a marca os adaptou pela primeira vez para o homem, agregando algodão ao poliéster para torná-lo mais grosso.

Primeiro apareceram seis homens de pele rosada sob imensos globos de luz, com calças beges plissadas, mais largas nas pernas e justas na cintura e nas panturrilhas e tornozelos, na versão mais curta. Com suas informais sapatilhas esportivas e jérseis de ponto fino em cores intensas, poderiam sair diretamente para a rua e desaparecer em meio à multidão.

As calças às vezes se transformam em roupas de trabalho. O azul intenso lembra a roupa dos operários, como em um jérsei azul de gola alta. Outro exemplo são as jaquetas mais formais e os ternos, assim como as parkas com capuz.

Pela manhã, o novaiorquino de origem cambojana Phillip Lim, que apresentou sua primeira coleção em Paris, levou looks informais, misturando branco com cores mais densas, tendo como resultado uma roupa de "roqueiro rebelde" dos anos 1960.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo