Entretenimento

Irã repatria sites oficiais por questões de segurança

22/12/2011 11h54

TEERÃ, 22 dez 2011 (AFP) -O Irã repatriou em seu território a hospedagem de mais de 90% dos seus sites oficiais por razões de segurança, informou nesta quinta-feira a imprensa, citando um funcionário de alto escalão.

"Mais de 90% dos sites oficiais foram repatriados para vários centros de informática no Irã", disse o vice-ministro das Telecomunicações e Tecnologia de Informação, Ali Hakim Javadi.

Cerca de 30.000 sites oficiais, incluindo os de vários ministérios, estavam hospedados em fornecedores estrangeiros, principalmente na América do Norte, afirmou Javadi.

"Eles eram constantemente ameaçados por ataques. A repatriação foi decidida para melhorar a segurança da informação governamental na internet", acrescentou.

O funcionário recomendou ainda que as instituições não-governamentais façam o mesmo.

O Irã foi alvo em 2010 de um ataque em massa pelo vírus Stuxnet que infectou pelo menos 30.000 computadores de organismos governamentais em todo o país.

Vários especialistas internacionais acreditam que este vírus, que visava aparentemente desorganizar o programa nuclear iraniano, foi elaborado por Estados Unidos e Israel.

Os sites oficiais iranianos são regularmente atacados e Teerã acusa Washington de realizar uma "guerra informática" não declarada contra a república islâmica, inclusive com a criação de centenas de sites hostis ao regime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo