Entretenimento

AFP expressa 'profunda preocupação' por fotógrafo detido em Istambul

22/12/2011 09h39

PARIS, 22 dez 2011 (AFP) -A direção da Agence France-Presse (AFP) expressou nesta quinta-feira às autoridades turcas sua "profunda preocupação" diante da detenção de Mustafá Ozer, um de seus fotógrafos do escritório de Istambul, na Turquia.

Ozer foi preso na terça-feira durante uma operação policial realizada em várias cidades da Turquia que tinha por objetivo, segundo a agência de notícias turca Anatolia, deter pessoas sob suspeita de ter relações com rebeldes curdos.

"Desejamos que nos esclareçam as razões desta prisão", pediu o presidente da AFP, Emmanuel Hoog, em uma carta enviada na quarta-feira ao embaixador da Turquia na França.

"Temos a esperança de que o episódio não passe de um mal-entendido que será dissipado rapidamente, de forma que o senhor Ozer possa retomar suas atividades profissionais rapidamente", afirmou a carta.

Ozer e outras 40 pessoas (entre elas cerca de 20 jornalistas) foram detidos por unidades da polícia antiterrorista. Ozer permanece preso em algum dos locais da Direção de Segurança em Istambul.

A operação era dirigida contra a organização clandestina KCK, considerada o braço urbano do movimento armado PKK, que luta desde 1984 contra o poder central pela autonomia das regiões curdas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo