Entretenimento

Mítico Caminho Inca quer ser reconhecido como Patrimônio Mundial

21/12/2011 16h14

LIMA, Peru, 21 dez 2011 (AFP) -A rede de caminhos dos Incas, ou 'Qhapaq Ñan', que se estende por seis países andinos, vai solicitar seu reconhecimento como Patrimônio Cultural Mundial à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), informou nesta quarta-feira o Ministério da Cultura do Peru.

A postulação de Qhapaq Ñan, também chamado 'El camino del Señor' ou 'El camino andino principal', será apresentada em janeiro próximo, com o pedido intrínseco de proteção e conservação, assinalou à imprensa limenha Paloma Carcedo, diretora do Patrimônio Cultural do Ministério da Cultura peruano.

Carcedo explicou que o documento técnico que será entregue à Unesco reunirá documentos elaborados por Peru, Bolívia, Equador, Colômbia, Chile e Argentina, países envolvidos na rede de caminhos.

O Qhapaq Ñan representava a estrada principal norte-sul do Império Inca, impulsionada no século XV, e que possibilitava o controle econômico e político. Nessa época, tinha 6.000 quilômetros de comprimento e ia do que é, hoje, o sul da Colômbia até a região de Maule (centro-sul do Chile).

O caminho permitia ao imperador Inca o acesso às aldeias de todo o império, além do intercâmbio de diversos produtos, a transmissão de valores culturais, o acesso aos diferentes santuários incaicos e o desenvolvimento do comércio.

A solicitação, que será levada à Unesco, compreende sete trechos conservados num total de 1.200 quilômetros.

A rota está entre 2.000 e 5.000 metros de altura ligando áreas povoadas, zonas agrícolas, mineiras e santuários.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo