Entretenimento

La Scala de Milão abre a temporada com "Don Giovanni", dirigido por Barenboim

07/12/2011 16h16

MILÃO, Itália, 7 dez 2011 (AFP) -O teatro La Scala de Milão inaugura, nesta quarta-feira, a tradicional temporada, com "Don Giovanni" de Wolfgang Amadeus Mozart, dirigido pelo maestro argentino e israelense Daniel Barenboim, diretor musical desse templo italiano da arte lírica.

A ópera, com direção do canadense Robert Carsen, permanecerá em cartaz até 14 de janeiro de 2012.

O presidente italiano, Giorgio Napolitano, e o primeiro-ministro, Mario Monti, vão estar presentes à inauguração que coincide, anualmente, com o dia Santo Ambrósio, padroeiro da cidade lombarda.

Barenboim, de 69 anos, indicado em agosto ao Prêmio Nobel da Paz, em reconhecimento a seu trabalho em prol da reconciliação no Oriente Medio, através da música, assumiu o cargo de diretor musical no dia 1 de dezembro e permanecerá no cargo até o final de 2016.

O músico, que desde 1992 é também maestro da orquestra Staatsoper de Berlim, comprometeu-se a dedicar 15 semanas por ano ao teatro milanês.

Nascido em Buenos Aires em 1942, de pais judeus de origem russa, o músico abre pelo terceiro ano consecutivo a temporada do teatro La Scala, dirigido por 20 anos, até 2005, pelo maestro Riccardo Muti, prêmio Príncipe de Astúrias das Artes de 2011.

O evento, que tradicionalmente reúne altas personalidades da política e da indústria italiana, foi precedido por manifestação pacífica de protesto, organizada na frente do teatro, contra os cortes no setor cultural, decididos pelo governo precedente de Silvio Berlusconi.

"Muda a música, mas a orquestra continua a mesma", dizia um cartaz.

Ao contrário do passado, este ano a nova prefeitura de esquerda da cidade, devido à crise econômica, não convidou personalidades políticas ou embaixadores de países influentes e preferiu pôr à venda as 110 entradas tradicionalmente reservadas.

Alguns ingressos chegam a custar até 2.000 euros - esperando-se, com isso, arrecadar até 180.000 euros, para serem empregados, em parte, no financiamento de projetos culturais na cidade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo