Entretenimento

Dissidente chinês Ai Weiwei recebe doações de mais de 18 mil pessoas

France Presse

07/11/2011 15h45

PEQUIM, China, 7 Nov 2011 (AFP) -Mais de 18.000 pessoas doaram nesta segunda-feira um total de 5,29 milhões de iuanes (835.450 dólares) para ajudar o artista dissidente chinês Ai Weiwei a pagar 15 milhões de iuanes (2.340.000 dólares) que o fisco exige dele até o dia 15 de novembro.

A verba doada corresponde, assim, a um terço do que é reclamado, informou ele próprio e pessoas próximas.

Na tarde desta segunda-feira, o número de doadores chegou, exatamente, a 18.829, declarou à AFP uma de suas colaboradoras, Liu Yanping.

"Todas as manhãs recolhemos dinheiro que é atirado em nosso pátio. Às vezes, as notas chegam dobradas, em forma de avião ou de barcos", precisou Ai Weiwei.

"A agência dos Correios também me informou que havia 776 doações em dinheiro", precisou.

Já o jornal oficial Global Times considerou nesta segunda-feira, em editorial, que Ai Weiwei poderia ser acusado pelo governo de "arrecadar fundos ilegalmente", ao aceitar a ajuda financeira para pagar a verba exigida pelo fisco.

O artista dissidente, que não poupa críticas ao Partido Comunista Chinês, havia anunciado na semana passada à AFP ter recebido uma notificação para pagar o imposto que considera "injusto", porque é destinado a "quebrá-lo".

Ai Weiwei, de 54 anos, expõe neste ano na Modern Tate de Londres. Em abril foi detido quando se preparava para deixar a China, ficando preso durante quase três meses pelas autoridades, o que motivou uma onda de indignação no mundo.

Ele nega ter cometido fraude fiscal e afirma que as autoridades tentam reduzi-lo ao silêncio, através desta acusação.

A mãe do artista ofereceu vender a casa herdada do marido já falecido, o poeta Ai Qing, companheiro de trajetória do Partido Comunista e perseguido várias vezes na vida, inclusive durante a época maoísta.

Um outro dissidente famoso, Hu Jia, que foi libertado da prisão este ano, declarou no Twitter ter doado 1.000 iuanes a Ai Weiwei em sinal de "gratidão e de respeito pelo que fez".

Mês passado, Ai Weiwei foi nomeado a personalidade artística mais influente do mundo pela revista britânica Art Review.

sai-boc/sd

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo