Entretenimento

Promotoria e defesa concluem argumentos no julgamento do médico de Jackson

France Presse

01/11/2011 17h59

LOS ANGELES, EUA, 1 Nov 2011 (AFP) -Promotoria e defesa concluíram nesta terça-feira seus argumentos no julgamento por homicídio culposo do médico de Michael Jackson, Conrad Murray, depois que este se negou a depor, e que ambas as partes convocaram brevemente suas principais testemunhas.

O juiz Michael Pastor suspendeu a sessão até quinta-feira, quando ambas as partes farão seus discursos de encerramento do processo, que teve início em 27 de setembro.

O juiz e os advogados dedicarão o restante desta terça-feira a revisar aspectos técnicos das evidências com que lidaram, e irão preparar a sua entrega ao júri.

O cardiologista Conrad Murray, 58, é acusado pela morte do cantor Michael Jackson, em 25 de junho de 2009, causada por uma intoxicação por medicamentos.

lm/ad/lbf

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo