Entretenimento

Picasso, o grande atrativo dos leilões de arte do outono em Nova York

EFE/© 2010 Estate of Pablo Picasso/Artists Rights Society (ARS)
Obra "Pierrot y Harlequina" de 1920 do pintor Pablo Picasso exposta no museu Frick, em Nova York (9/8/2011) Imagem: EFE/© 2010 Estate of Pablo Picasso/Artists Rights Society (ARS)

31/10/2011 17h35

NOVA YORK, EUA, 31 Out 2011 (AFP) -As casas Christie's e Sotheby's preparam-se para a realização de suas vendas de arte do outono, em Nova York, a partir desta semana, confiantes em que as telas de Pablo Picasso impulsionem o já sólido mercado.

A presença de obras de Picasso, Matisse e Degas, nos leilões de arte impressionista e moderna da Casa Christie's nesta terça, e da Sotheby's, na quarta, refletem o apetite deste ano por quadros de alto preço, disseram os dirigentes das duas casas. Também esperam muitas vendas na próxima semana, durante os leilões de arte contemporânea.

Segundo Simon Shaw, chefe do departamento de arte moderna e impressionista da Sotheby's, as ofertas são "um pouco maiores e o número de lotes reflete, talvez, maior confiança".

A Sotheby's espera arrecadar 185 milhões de dólares no leilão desta quarta-feira, encabeçado pelo lúdico e erótico quadro de Picasso "L'Aubade", avaliado entre 18 e 25 milhões de dólares, e a monumental escultura de bronze de Henri Matissse de um nu visto de costas, calculada entre 20 e 30 milhões de dólares.

Outro lote esperado é o da cena pastoril do tipo mosaico "Litzlberg on the Attersee" de Gustav Klimt, de mais de 25 milhões de dólares.

A Christie's, por sua vez, calcula arrecadar mais de 215 milhões de dólares nesta terça-feira, com os olhares voltados para a escultura de Edgar Degas "Petite danseuse de quatorze ans", avaliada entre 25 e 35 milhões de dólares.

Outras obras em destaque são um par de retratos de Picasso da década de 1930, "Femme endormie" e "Tête de femme au chapeau mauve", ambos calculados entre 12 e 18 milhões de dólares.

"Picasso ainda é o padrão ouro dos colecionadores de todo o mundo, com a Christie's já tendo arrematado quatro de suas obras acima do recorde de 15 milhões de dólares este ano", informou a casa.

A tela "L'Aubade" da Sotheby's é considerada um bom exemplo da fase mais tardia de Picasso, realizada na década de 1960 quando tinha 80 anos.

"Picasso tinha um medo terrível da morte, pelo que, para ele, manter-se vivo era pintar ou ter relações sexuais", disse David Norman, presidente do departamento de arte impressionista da Sotheby's.

A tela em leilão caminha em ambas essas direções, representando um jovem Picasso despertando a amante nua com uma flauta num estado de "êxtase" e "felicidade", comentou Norman.

A enorme escultura de Matisse é um baixo-relevo de bronze, que tem a própria história, fazendo parte de um grupo de quatro outras, com cada uma sendo leiloadas de forma independente este ano, começando com o da próxima semana.

Na Christie's, a arte pop terá também um lugar de destaque, com obras como "I Can See the Whole Room -- and There's Nobody in It!" de Roy Lichtenstein, e "Silver Liz" e "Four Campbell's Soup Cans" de Andy Warhol.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo