Entretenimento

Acionistas atacam Murdoch em reunião anual da News Corp. nos EUA

21/10/2011 20h52

LOS ANGELES, EUA, 21 Out 2011 (AFP) -O dono da News Corp., Rupert Murdoch, disse a furiosos acionistas nesta sexta-feira que "simplesmente não há desculpa" para o escândalo de escutas na Grã-Bretanha, ao enfrentar duras críticas na assembleia anual do conselho em Los Angeles.

Vários acionistas, incluindo o deputado trabalhista que liderou a investigação sobre o escândalo de escutas telefônicas ilegais, se reuniram para pedir a Murdoch e a seus filhos que renunciassem a uma parte ou à totalidade de seu poder na direção do gigante da imprensa.

Contudo, Murdoch e sua família controlam cerca de 40% das ações com direito a voto e estão respaldados pelo multimilionário príncipe saudita Alwaleed bin Talal, que possui 7% das ações.

A proposta de despojar o octogenário Murdoch de seu posto como presidente foi derrotada, mas foram aprovados dois planos da junta diretora de manter controle sobre os salários dos executivos, segundo os resultados da votação divulgados horas depois do fim da reunião.

Durante a reunião, cerca de 130 pessoas permaneceram em frente aos estúdios Fox exigindo a renúncia de Murdoch e protestando contra o magnata da comunicação, portando inclusive cartazes do movimento "Ocupe Wall Street" (OWS, na sigla em inglês), disse o jornal local Los Angeles Times.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo