Topo

Entretenimento

Casa onde nasceu compositor italiano Giacomo Puccini abre as portas ao público

13/09/2011 18h08

ROMA, 13 Set 2011 (AFP) - A casa em que nasceu o grande mestre italiano Giacomo Puccini, situada em Lucca (Toscana), e transformada em museu, abriu as portas ao público na manhã desta terça-feira, em seu estado original.

Os visitantes são levados a descobrir os lugares onde cresceu Giacomo Puccini, nascido em 22 de dezembro de 1858. O casacão e a echarpe de seda branca do compositor italiano ficam colocados numa poltrona da casa, como se ele tivesse voltado a morar aí.

O público tem, também, a possibilidade de reviver o cotidiano do músico, conhecendo seu quarto, o ateliê e o escritório. São também expostas partituras, a correspondência do maestro, uma carta rara de Richard Wagner endereçada a ele.

Suas óperas estão entre as mais interpretadas, até hoje, entre elas La Bohème, Tosca, Madame Butterfly e Turandot. Algumas de suas árias, como "O mio babbino caro" de Gianni Schicchi, "Che gelida manina" de La Bohème; "E lucevan le stelle" de Tosca e "Nessun dorma" de Turandot tornaram-se parte da cultura popular.

A neta do autor de "La Bohème" ou "Tosca", Simonetta Puccini, foi a primeira a assinar o registro dos visitantes do Puccini Museum. Os trabalhos de reforma foram financiados pela Fundação da Caixa de Poupança de Lucca (CRL) e a região da Toscana.

Entre suas óperas, Manon Lescaut, que estreou no Teatro Regio de Turim, no dia 1 de fevereiro de 1893, foi um grande sucesso, apesar da ousadia de Puccini, que utilizou uma história sobre a qual o compositor francês Jules Massenet já havia composto uma ópera poucos anos antes e transformara-se em êxito internacional.

Dizia, na época, que "Massenet trata a Manon como um francês, com minuetos e pó-de-arroz; eu vou tratá-la como um italiano, com paixão desesperada." "Por que não duas óperas? Uma mulher como Manon pode ter mais de um amante." E de fato, o compositor acertou. Massenet chegou a mover ação na justiça contra Puccini, mas no final ficou decidido que a ópera de Massenet se chamaria simplesmente Manon, enquanto que a de Puccini seria Manon Lescaut, para evitar confusão entre as duas.

La Bohème, estreou também no Teatro Regio de Turim, em 1896, sob a regência de Arturo Toscanini, que se tornaria amigo de Puccini pelo resto da vida.

A Tosca, apresentada em Roma, em 1900, também causou furor.

Em 1907, viajou para os Estados Unidos, para a estreia americana de sua sexta ópera, Madame Butterfly, no Metropolitan Opera House de Nova York.

Outra ópera de Puccini, La Fanciulla del West, mostra influência de Debussy e Richard Strauss. Estreou no Metropolitan de Nova York em 1910, também sob a regência de Toscanini.

Em 1924, Puccini começou a ser tratado de um câncer na garganta, seguindo para tratamento, em Bruxelas, onde veio a falecer, no dia 29 de novembro do mesmo ano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento