Entretenimento

Morre na França o artista catalão Josep Grau-Garriga

30/08/2011 07h08

ANGERS, França, 30 Ago 2011 (AFP) -O artista catalão Josep Grau-Garriga, de 82 anos, que morava há 20 anos em Angers (oeste da França), um pioneiro da tapeçaria contemporânea, faleceu na segunda-feira.

Contemporâneo de Picasso e Miró, recebeu ambos em seu ateliê de Sant Cugat (Catalunha, nordeste da Espanha).

Grau-Garriga expôs suas obras no Museu Metropolitan de Nova York e no Museu de Arte Moderna de Paris, entre outros locais de destaque.

Antes de morrer, trabalhava em uma obra gigante, "dedicada à paz", para a igreja de Saint-Mathurin-sur-Loire, a localidade francesa em que morava.

"A arte é uma arma, muito mais que um problema estético, que serve para manifestar algo de si mesmo. É descobrir o que existe, sem ter medo", declarou recentemente.

Neto de um anarquista, Grau-Garriga iniciou a vida artística durante a ditadura de Franco.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo