Entretenimento

Filho de editor de jornal é morto a tiros no México

21/07/2011 16h15

CULIACÁN, México, 21 Jul 2011 (AFP) -O filho de um editor do jornal 'El Debate' de Culiacan foi encontrado morto a tiros em um estacionamento, informaram nesta quinta-feira a polícia e fontes do jornal.

O corpo do filho do editor Fermín Rosas foi encontrado no banco do motorista de um carro estacionado no sul de Culiacan - cidade com cerca de 750 mil habitantes e a 1.200 km a nordeste da capital mexicana - com o motor ligado, informou um policial do Grupo de Reação Imediata de Culiacan.

"É o filho de um dos editores" do jornal 'El Debate', confirmou à AFP um funcionário do jornal. O diário e as autoridades não afirmaram de imediato se há relação entre o assassinato do jovem e a atividade jornalística do pai.

Este estado é considerado o reduto do cartel de Sinaloa, liderado por Joaquín "El Chapo" Guzmán.

As instalações do El Debate foram atacadas no fim de 2010 e no começo deste ano com granadas de fragmentos e armas de alto poder de destruição.

Alguns de seus editores receberam ameaças de morte, supostamente de traficantes, a princípio por seus trabalhos sobre o crime organizado, comentou à AFP Darío Ramírez, diretor no México do Artigo 19, uma organização de defesa da liberdade de expressão com sede em Londres.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo